doutoramento ciências da comunicação

apresentação

 

A conclusão de um doutoramento no ISCTE-IUL está prevista para entre dois e quatro anos.

Embora cada projeto de doutoramento siga um caminho único, existem objectivos comuns que cada aluno do DCC deve ter presente.

As informações a seguir apresentadas forncecem uma indicação geral desses objectivos, mas todos os doutorandos são aconselhados a discutir o seu cronograma de trabalho com seu orientador.

Durante o programa os doutorandos irão passar por três fases diferentes:

1. - Doutoramento em preparação
2. - Doutoramento aprovado
3. - Doutoramento pronto para ser defendido

Enquanto candidato ao DCC do ISCTE-IUL, espera-se que se tenha completado pelo menos um grau de Mestrado (em Portugal ou em outros países).

A realização de um Doutoramento no ISCTE-IUL implica a presença semanal em horário pós-laboral (Quartas e Quintas-feiras das 18h-22.30h) e também disponibilidade para desenvolver leituras variadas, recolha e análise de dados para investigação e a publicação de diferentes papers.

Os doutorandos serão integrados em "Laboratórios de doutoramento" – i.e. agrupamentos temáticos da investigação a desenvolver no Doutoramento, juntando investigadores dos diferentes anos – sendo os mesmos divididos em quatro grandes áreas temáticas:

• Comunicação, estudos de internet e jornalismo em rede (Coord. Gustavo Cardoso e Tiago Lapa)
• Comunicação, instituições e organizações ( Coord. Rita Espanha e Joana Azevedo)
• Comunicação, cultura, produção cultural e fãs (Coord. José Neves e Jorge Vieira)
• Comunicação, movimentos sociais e política (Coord. Pedro Neto e Guya Accornero)

Durante o 2º e 3º ano os doutorandos poderão utilizar os espaços dos Laboratórios de Ciências da Comunicação e de Jornalismo do ISCTE-IUL para o desenvolvimento dos seus projectos de investigação.

 

 

Objectivos DCC ano 1

Frequência e aprovação às UC's do Doutoramento. Formulação das questões de partida e preparação de projecto de Doutoramento.

O foco do primeiro ano do DCC está centrado na formulação de questões de investigação e na formação dos doutorandos em competências de investigação. Todos os estudantes de doutoramento têm de realizar, com aproveitamento, um mínimo de UC's que fornecem a base necessária para a realização de pesquisas neste campo multi-disciplinar das ciências da comunicação.

As UC do Doutoramento em Ciências da Comunicação fornecem uma visão geral das principais conclusões, até à data, sobre o comportamento individual, colectivo e institucional mediado pelas diferentes formas de comunicação e, em particular, pela Internet.

As UC do Doutoramento em Ciências da Comunicação fornecem também material de desenho de pesquisa de várias disciplinas das ciências sociais, incluindo estudos de comunicação e sociologia da comunicação, cultura, educação e informação.

No Doutoramento em Ciências da Comunicação é dado um grande ênfase no fornecer de competências básicas, métodos, teorias e conceitos necessários para realizar a Tese.

No quadro do Doutoramento são examinadas questões relativas à aplicação de métodos de investigação social tradicionais para o estudo da mediação, bem como a utilização de novos métodos, habilitado pela Internet e novas tecnologias de informação, no estudo de uma série de problemas de pesquisa social.

O Doutoramento no seu primeiro ano oferece também a possibildiade de escolha de duas optativas. A decisão sobre a escolha definitiva dessas optativas será feita em colaboração com o orientador.

Os doutorandos podem também ter de frequentar aulas métodos de investigação de formação adicionais, se tal for considerado necessários para sua proposta de investigação.

Se o Doutorando vier de uma área fora das ciências sociais (por exemplo, em ciência da computação), poderá ser convidado a frequentar UC's em teoria e métodos oferecidos pelo ISCTE-IUL ou pela ESCS-IPL.

Da mesma forma que, se o Doutorando for um cientista social sem o domínio das TIC, poderá ser convidado a frequentar outras UC's durante o seu primeiro ano.

Além das aulas , os alunos trabalharão na sua tese, reunindo-se regularmente com o seu orientador para esse fim.

Até ao final do primeiro ano, os alunos deverão ter formulado perguntas de pesquisa claras e quadros teóricos e metodológicos adequados necessários para abordar essas questões.

Salienta-se também a necessidade integração dos alunos em diferentes "laboratórios de ciências da comunicação", ou seja, "linhas de investigação" que juntam diferentes doutorandos com interesses de pesquisa comuns, com o objectivo de trocas de experiências tendentes à publicação conjunta de artigos.

Terminado o primeiro ano e tendo sido aprovado o projecto de pesquisa, uma parte dos Doutorandos poderá vir a integrar o programa de bolsas de 3º ciclo do ISCTE-IUL, desenvolvendo tarefas de investigação e de apoio à leccionação no quadro dos mestrados e pós-graduações da área de Ciências da Comunicação.

 

 

Objectivos DCC ano 2

Recolha de dados e desenvolvimento da Tese de Doutoramento.

O segundo ano do Doutoramento será normalmente dedicado à recolha de dados e mapeamento da estrutura de tópicos da tese. No entanto, espera-se que os alunos façam também progressos significativos, por escrito, na sua tese, com a elaboração de, pelo menos, dois capítulos preparados para serem validados pelo orientador e discutidos com um arguente convidado.

O segundo ano pode incluir um período de trabalho de campo noutro local que não o ISCTE-IUL em Portugal ou em outro país. Os doutorandos devem também usar este período de tempo para começar a elaborar artigos e proceder à submissão em revistas académicas, muitas vezes em colaboração com seus colegas e orientadores.

A confirmação do estado de elaboração da Tese, no final do segundo ano, constitui uma etapa essencial no caminho para o doutoramento e confirma que o aluno é capaz de produzir uma análise com o padrão de qualidade requerido e dentro de um prazo adequado.

No final do segundo ano realiza-se um colóquio de doutoramento no qual se espera que os alunos façam apresentações públicas dos seus trabalhos e que servirá também para confirmar a sua aptidão para prosseguir para o terceiro ano.

 

 

Objectivos DCC ano 3

Escrita da Tese e defesa pública da mesma

O terceiro ano do Doutoramento concentra-se na recolha de dados final, e na escrita dos capítulos finais para a apresentação da tese.

Uma vez a tese submetida, acompanhada do parecer positivo da orientação, haverá lugar à nomeação do júri para a apresentação oral da tese e marcação da mesma.